Project of the Week: Casa Cor São Paulo 2015 by Érica Salguero

Pular para português

For those of you who don’t know, Casa Cor is one of the main exhibition of architecture and interior design in Brazil. It was founded in 1987, at first in residences that needed a remodel. It was a win win situation, both for the home owner, that got a new interior not having to spend a penny, and professionals that could publicize their work. Nowadays, the show doesn’t take places at residences no longer, but in commercial centers. It has 19 franchises in Brazil, and 4 in Latin America. If you ever have a chance, I highly recommend the visit. It is quite inspiring!

This week’s project will feature a Brazilian architect and her showroom at Casa Cor: Érica Salguero:

Designed in a sophisticated way and with elements that recall the warmth of home, the space created by architect and interior designer Érica Salguero, who makes her debut in Casa Cor São Paulo, brings a cozy environment fleeing the impersonal standards of a showroom. With 80 m², De’Longhi’s Gourmet Space has at its core a reinterpretation of Italian cafés, full of Brazilianness details under the theme of this 29th edition of the show, featuring discreetly products with differentiated design.

The highlight is the living area with the hanging garden, where large cones made of copper house carefully various plant species in a facility in partnership with Anne Verdi. The long branches are connected directly to the water table – signed by Domingos Tótora. Plants at the top interact in a joyful way with all elements of the project, making it a creative and functional solution for the full use of space.

The Brazilianness is present in the furniture, signed by renowned designers of the national scene like Domingos Tótora, Jader Almeida, Aristeu Pires and Marcus Ferreira. The Silestone countertops have bacteriostatic technology and are pretty resistant to impacts and scratches. The luxury is up to the metallic effect of Florense custom made cabinets.

Black, white and gray link harmoniously all three spaces created by the architect – coffee place plus living and showroom. The joke on floor and wall covering – with positive and negative signs -, designed by Revestimentos Pavão, allude to the sidewalks thought by Brazilian landscape architect Burle Marx -, giving the space modernity and sophistication.

In the living room, located centrally, the black laminate goes from floor to ceiling, giving sophistication and elegance in opposition to pending kettles that harmonize the space in a quite fun way. The lighting, set through a ‘tear’ on the panel, with LED tape, ensures intimacy.


I hope you all enjoy it!

Jump to photos

——–

Para quem não conhece, Casa Cor é uma das principais exposições de interior design e arquitetura do Brasil. Foi fundada em 1987, e no começo, a exposição se dava em casas de família que precisavam de uma reforma. Era uma situação em que todos ganhavam: o dono da casa que não gastava para renovar sua casa e os profissionais que podiam divulgar seu trabalho. Hoje em dia, as exposições acontecem em espaços comerciais (em São Paulo tem sido no Jockey Club nos últimos anos). Tem 19 franquias no Brasil e 4 na América Latina. Para aqueles que tiverem a chance, eu recomendo fortemente a visita. É muito inspiradora!

E falando em Casa Cor, o projeto dessa semana, vai mostrar o trabalho da arquiteta brasileira Érica Salguero:

Concebido de maneira sofisticada e com elementos que remetem ao aconchego do lar, o espaço criado pela arquiteta e decoradora Érica Salguero, que faz sua estreia na Casa Cor São Paulo, traz um ambiente humanizado que foge dos padrões impessoais de um showroom. Com 80 m², o Espaço Gourmet De’ Longhi tem em sua essência uma releitura dos cafés italianos, com detalhes cheios de brasilidade sob o tema desta 29ª edição da mostra, apresentando de forma discreta, os produtos com design diferenciado.

O destaque do ambiente é o living com o jardim suspenso, onde grandes cones em cobre abrigam cuidadosamente diversas espécies vegetais em uma instalação em parceria com Anne Verdi. As longas ramagens se conectam diretamente com a mesa água – assinada por Domingos Tótora. As plantas na parte superior interagem numa brincadeira com os todos os elementos do projeto, tornando-se uma solução criativa e funcional para total aproveitamento do espaço.

A brasilidade está presente na composição dos mobiliários assinados por renomados designers do cenário nacional como Domingos Tótora, Jader Almeida, Aristeu Pires e Marcus Ferreira. As bancadas da Silestone têm tecnologia bacteriostática e são resistentes a impactos e arranhões. O luxo fica por conta da pintura das peças da Florense, com efeito metálico.

As cores preta, branca e cinza fazem um link harmonioso nas três ambientações criadas pela arquiteta – café, living e showroom. A combinação das nuances é percebida na brincadeira do piso – positivo e negativo -, e no revestimento de parede, lançamento exclusivo da Pavão Revestimentos – que faz alusão às calçadas desenhadas pelo paisagista brasileiro Burle Marx -, conferindo ao espaço modernidade e sofisticação.

Já no living, ambiente central do espaço, destaque para o laminado preto que segue do chão ao teto, conferindo sofisticação e elegância, em contraponto com as chaleiras pendentes que harmonizam o espaço de forma lúdica. A iluminação fica por conta de um ‘rasgo’ no painel, com fita de led, garantindo uma iluminação indireta e intimista.


Espero que gostem!

Casa Claudia

Casa Claudia

Casa Claudia

Casa Claudia

Casa Claudia

Casa Claudia

Casa Claudia

EricaSalguero

Casa Claudia

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s